Ação de fiscalização apreende 700kg de alimentos impróprios ao consumo em Capão da Canoa

Nesta terça-feira (12), a Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), deflagrou ação no município de Capão da Canoa e apreendeu aproximadamente 700kg de alimentos impróprios ao consumo humano. Foram fiscalizados quatro estabelecimentos comerciais e verificadas diversas irregularidades nos locais visitados, que expunham à venda produtos e gêneros alimentícios sem indicação de procedência, carnes indevidamente refrigeradas, além de alimentos com prazo de validade vencido.

“A ação faz parte de uma força-tarefa permanente que integra diversos órgãos públicos com atribuições diferentes, porém, com a mesma finalidade, a de coibir a venda de alimentos impróprios aos consumidores gaúchos”, disse o delegado titular do Decon, Rafael Liedtke. Trabalharam em conjunto com a Polícia Civil, o Ministério Público Estadual, a Secretaria Estadual de Agricultura e Pecuária, as Vigilâncias Sanitárias Estadual e Municipal e o Procon Estadual.

Previous post
Homem é preso por tráfico de drogas e armazenamento de veículos furtados em Osório
Next post
160 anos de Osório: Feira de Artesanato acontece no Largo dos Estudantes

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Back
SHARE

Ação de fiscalização apreende 700kg de alimentos impróprios ao consumo em Capão da Canoa