Assassino de mulher na passarela da BR 101 é condenado

Foi definido ontem (4), em julgamento que se estendeu do dia até a noite, o caso de Vanessa Vargas, de 20 anos, morta na Passarela da BR 101 em Osório, o acusado, que na época teria um relacionamento com ela, Luis Henrique Cavalheiro da Silveira, foi condenado a 20 anos de reclusão.

A condenação foi por homicídio triplamente qualificado pelo meio cruel (asfixia), dissimulação (dificultando a defesa da vítima) e feminicídio, compreendendo 20 anos de reclusão.