Confira dicas de como votar neste segundo turno

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) orienta o eleitor a preparar uma cola com os números dos candidatos. Neste segundo turno, o tipo de cola que o eleitor vai usar depende do Estado onde ele mora.

Quem vive em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Sergipe, Rio Grande do Norte, Pará, Amazonas, Roraima, Rondônia, Amapá e Distrito Federal votarão em dois candidatos: o primeiro voto será para governador (dois números) e em seguida vem a escolha de presidente (dois números). Nos demais Estados, os eleitores votam apenas para o cargo de presidente da República.

Os eleitores gastarão pouco mais de 13 segundos na cabine de votação neste segundo turno, de acordo com estimativa do TSE. Contando a identificação do eleitor e o voto na urna, o tempo estimado é de 41 segundos.

Para que tudo flua bem, além da cola, o eleitor deve ter em mãos um documento com foto (Carteira de Identidade, CNH, carteira de trabalho ou passaporte, por exemplo). O título eleitoral não é obrigatório.

 

O eleitor também deve ficar atento ao horário da abertura e fechamento das seções eleitorais, das 8h às 17h (hora local). Não será permitido votar antes ou depois desse período, mas quem estiver já dentro da seção eleitoral às 17h, na fila, tem garantido o direito de votar.

 

Vale lembrar que não é permitido tirar fotos ou usar qualquer tipo de equipamento eletrônico na hora do voto (telefone celular, tablets, câmeras, etc). Nada de selfs na urna.