Família de Osório é vítima de golpe do visto

Um golpe da obtenção de visto para os Estados Unidos em Porto Alegre, lesou pelo menos 19 pessoas no esquema. Entre as vítimas está uma família de Osório, que perdeu R$ 2,5 mil na fraude.
Com destino à Disney, o pai, a mãe e o casal de filhos — de seis e 10 anos — planejaram a viagem desde julho do ano passado, para embarcar em fevereiro deste ano. Em outubro, o prazo ficou curto e, então, para facilitar o processo do visto, a agência de turismo pela qual estavam contratando os serviços indicou uma empresa que faz o processo de preenchimento dos formulários.
Após repassar o valor do serviço para os quatro vistos, a data da primeira entrevista foi marcada pelos fraudadores para novembro. Porém, um dia antes, o consulado americano supostamente teria ligado para remarcar, sob a alegação de que o sistema estaria com problemas. A partir daí, a família viu o procedimento para adquirir o visto se tornar um problema, com uma série de datas remarcadas.
Em fevereiro eles começaram a desconfiar e pensaram em desistir, mas acabaram entrando em contato com outra empresa. Para se certificarem, foram ao Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (Casv), onde foram informados de que o procedimento correto estava ocorrendo pela nova empresa contratada.Família de Osório é vítima de golpe do visto