Meia tonelada de produtos impróprios são apreendidas em Arrio do Sal na Força-Tarefa

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor, Saúde Pública e Propriedade Imaterial (Decon) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), juntamente com o Ministério Público Estadual, a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi) e Vigilâncias Sanitárias Estadual e Municipal de Arroio do Sal , realizaram na última quarta-feira (10) e nesta quinta-feira (11) uma força-tarefa de segurança alimentar na praia de Arroio do Sal. Na ação, 10 estabelecimentos comerciais foram fiscalizados, meia tonelada de alimentos impróprios para o consumo foram apreendidos e um homem foi preso.

Segundo o delegado Alexandre Fleck, no interior dos prédios inspecionados, foram verificadas diversas irregularidades na armazenagem dos produtos que se destinavam ao consumo da população. As Vigilâncias Sanitárias procederam à inutilização dos produtos que se encontravam impróprios para o consumo humano. “Alguns estabelecimentos tiveram áreas interditadas até que as irregularidades apontadas sejam sanadas”, conta o delegado. Durante a ação, os policiais e agentes fiscais apreenderam, aproximadamente, meia tonelada de produtos impróprios ao consumo. “Um proprietário de supermercado foi preso em flagrante por crime contra as relações de consumo”, completou Fleck.

 

Previous post
Foragido por homicídio contra policiais é preso em Balneário Pinhal
Next post
Depa recebe veículo novo

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Back
SHARE

Meia tonelada de produtos impróprios são apreendidas em Arrio do Sal na Força-Tarefa