Redução de orçamento põem em risco serviços do Hospital de Tramandaí

Participou do programa “Olho Vivo”, desta quinta-feira (6) o diretor administrativo do Hospital de Tramandaí, Luís Genaro Figoli. Ele falou ao apresentador e aos ouvintes da Rádio Osório, sobre os cortes de orçamento sofridos pela entidade e da possibilidade de se reduzir o número de serviços e atendimentos.

Segundo relatou, a crise nacional e estadual chegou ao Hospital, revelando que entre 2013 para 2014 o valor do repasse feito pelo Governo do Estado era de R$ 55 milhões e hoje é de apenas R$ 40 milhões. Conforme reforça, além disso, houve aumento de gastos e com salários de funcionários. Como não vê possibilidade de um aditivo de repasses do estado, a única solução para ele, é a participação dos municípios.

Atualmente os municípios mais beneficiados, chegando a representar 75% dos atendimentos, são Tramandaí, Imbé, Pinhal e Cidreira. Ainda, no setor de Trauma, mais de 11 cidades são auxiliadas e 23 na área de Gestação de Risco.

Caso prefeituras como a de Tramandaí, não se sensibilizem, para o diretor será necessário reduzir atendimento. Apontando que o investimento dos municípios seria pequeno.

Apresentação do programa “Olho Vivo”, é de Elias Silveira, na Rádio Osório. Fique sabendo de tudo que acontece. Acompanhe na programação da Rádio Osório, AM 750 e participe pelo: whatsapp: (51)99993-0184.

Post Anterior
Drogas são apreendidas com casal de menores em Tramandaí
Próximo Post
Rede de saneamento é recuperada no bairro Farroupilha

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

Redução de orçamento põem em risco serviços do Hospital de Tramandaí