Ventos de até 100 km/h causam estragos em Torres

Rajadas de vento de até 100 km por hora provocaram estragos em Torres. Cerca de 30 casas ficaram destelhadas em bairros do município. No bairro São Jorge uma casa ficou parcialmente destruída. Nesta madrugada (1º de julho), desde às 2h, quando as rajadas de vento se intensificaram, a Defesa Civil e a Guarda Municipal estavam nas ruas, auxiliando famílias com o apoio da Secretaria de Obras, no corte das árvores caídas. Mais de 300 metros de lona foram distribuídos. Ninguém ficou ferido.
De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Elói do Nascimento, e o diretor de Gestão Integrada de Segurança Pública da Prefeitura de Torres, Jairo Morelle, os bairros mais atingidos foram Dunas, Guarita, Jardim Eldorado, Faxinal, Vila São João e São Jorge. No centro da cidade registraram-se muitas vidraças quebradas, placas arrancadas e árvores prejudicadas. O normal seriam ventos entre 30 e 40 km por hora.
Segundo a CEEE, as regiões Litoral Norte e Metropolitana foram as mais afetadas pela falta de energia durante a manhã desta quarta-feira. O chefe da Defesa Civil do Estado, Coronel Julio Cesar Rocha Lopes, divulgou que 19 municípios foram bastante atingidos. Disse que todo o efetivo está em terreno agora, fazendo levantamento e levando apoio e suporte aos mais necessitados. Um novo relatório de cidades afetadas deve ser divulgado às 17h. Informou que o levantamento do Litoral Norte ainda não foi todo concluído.

Fonte e foto: Ascom PMT