Vereador confirma verba para estrada Caraá-Santo Antônio

  Ontem (14), a Rádio Osório recebeu, em seu estúdio, o vereador de Santo Antônio da Patrulha, Charlis Santos, líder da bancada do PMDB. Durante a conversa com  Arli Côrrea, no programa Documentário, o vereador contou sobre sua ida à Brasília, na última quarta-feira (9), para viabilizar recursos para o campus da Universidade Federal de Rio Grande (FURG), em Santo Antônio. Além disso, foi anunciado que uma nova empresa privada, Conterra, irá realizar o asfaltamento da estrada que liga Caraá e Santo Antônio. O primeiro levantamento deve ser feito ainda este mês. Pavimentação da rota da rapadura e a entrega do prédio de Santo Antônio para Santa Casa também foram temas discutidos.

FURG

 O Deputado Alceu Moreira (PMDB) foi até o campus da FURG em Santo Antônio da Patrulha, a convite do vereador Charlis Santos. Lá, o deputado pode conferir a extensão do campus e conhecer a estrutura, com algumas áreas inacabadas. Nesse sentido, Charlis Santos disse que a consolidação do campus custaria em torno de 20 milhões. Destes, 6,5 milhões foram repassados e investidos na Casa dos Estudantes (4 andares), restaurante universitário e construção do prédio H, que terá 16 salas e comportará os cursos de Administração e Engenharia de Produção, que são novidades. Santos afirmou, ainda,  que a Secretaria Nacional de Ensino Superior garantiu o repasse de mais 3,5 milhões para finalizá-las. Assim, a previsão é para que, nesta semana, as construções recomecem e sejam terminadas ainda este ano.
 Charlis Santos e Alceu Moreira estiveram em Brasília para fixar o prazo de recebimento da verba de 10 milhões, pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), a fim de realizar as seguintes obras:  laboratórios, biblioteca, dois edifícios para novos cursos e construção da avenida universitária que passará por todo campus, de 34 hectares. Foi reafirmado o repasse de dinheiro e acordado um prazo de recebimento.

Estrada

  Outras ações foram confirmadas pelo vereador durante a entrevista. Ele afirmou que o Governo do Estado disponibilizou 4 milhões, o dobro do seria recebido a princípio, para Santo Antônio. O dinheiro será revertido no asfalto que liga Santo Antônio e Caraá. Ele afirmou que o “fim desta novela” só será possível porquê uma nova empresa privada, Conterra, irá se responsabilizar pela obra: “o asfalto do Caraá não saia, não é por causa de dinheiro, mas porque a empresa não tinha condições de fazer a obra. Ela estava em recuperação judicial e em falência. Uma empresa para fazer uma grande obra do Estado precisa ter dinheiro em caixa. A empresa não fez a obra, o dinheiro desapareceu”, declarou. 
O asfalto deve ser feito até a ponte do carvalho. As máquina estão previstas para chegarem ainda neste mês na cidade para realizar um primeiro levantamento da situação. O asfaltamento da Rota da Rapadura também foi confirmado. O Ministério irá repassar de 7,5 milhões para Santo Antônio. A estrada segue da RS 30 e vai até as principais empresas, criando uma nova rota de comércio e turismo.

  O vereador encerrou  falando sobre planos futuros: “estamos discutindo em Santo Antônio, eu e o vereador Jair Belloli. Tivemos uma janta com os vereadores, fomos na Santa Casa conversar com o Mauricio Fogaça, que é o diretor, assunto que é importante pautar. “O município pode e deve entregar o prédio do hospital para Santa Casa. Porque, enquanto o prédio for do município, a Santa Casa não consegue investir. Santo Antônio não consegue ter um hospital público, bancado pelo município”, afirmou.  Para o vereador a ideia precisa passar por votação na Câmara e ser discutida.