Em acompanhamento da Rádio Osório, na manhã deste sábado(31), no local onde a mãe do menino de sete anos matou-o, após dopá-lo e jogá-lo dentro de uma mala no Rio Tramandaí, em Imbé, atualizações foram divulgadas a respeito desse crime. Segundo informações repassadas, os Bombeiros Militares trabalham para descobrir o sentido da corrente marítima do rio, ação que encontram muita dificuldade para localizar a direção em que o corpo poderia ter se deslocado. Outro grande obstáculo, é o fato de o corpo poder se deslocar para o mar, dificultando mais ainda a procura pela criança. As equipes de busca utilizam jet ski e também botes, percorrendo uma distância em torno de 800 metros até a Ponte Giuseppe Garibaldi. A procura pelo menino continua pela tarde deste sábado, com novas informações a respeito deste caso.