A Brigada Militar realizará, no período de 20 de agosto a 20 de setembro, ações de policiamento ostensivo (preventivo e repressivo) em decorrência da Operação Nacional Maria da Penha – Defenda a Mulher, em todo Rio Grande do Sul.  A operação tem por objetivo o fortalecimento das ações de fiscalização das medidas protetivas de urgência, visando prisões pela constatação do descumprimento, e a redução dos indicadores de feminicídios e violência doméstica e familiar contra a mulher no Rio Grande do Sul. A  iniciativa contará  com a atuação de 462 policiais militares habilitados nas 16 edições do Curso de Capacitação Patrulha Maria da Penha, realizadas no mês de agosto. Entre as ações a serem desenvolvidas está a priorização de visitação às vítimas em situação de vulnerabilidade e/ou que tenham relatado descumprimento de Medida Protetiva de Urgência. Além disso, serão realizadas barreiras de conscientização com distribuição de materiais informativos, palestras e visitas às vítimas que tenham realizado registro por casos de violência doméstica para orientar sobre seus direitos.

Foto: BM/Divulgação