Uma denúncia de que indivíduos não identificados estariam efetuando disparos de arma de fogo em via pública, levou policiais da Brigada Militar, até o bairro Novo Horizonte, em Capão da Canoa.  O fato ocorreu no fim da tarde desta sexta-feira (06), em um aglomerado de casas conhecido por Vale Verde. Três homens foram abordados com armas, munições e drogas. O trio foi preso pelos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo e munições.

Após receber as informações integrantes da Agência de Inteligência do 2° BPAT realizou monitoramento do local, e solicitou para que equipes da Força Tática do 2° BPAT realizassem a abordagem dos suspeitos. No trio, dois deles possuem 19 anos e um com 20 anos, todos com passagens policiais por tráfico e posse de drogas, que acabaram sendo identificados pelos policiais. Com o trio foi localizado um revólver calibre .38, com seis munições; uma pistola de fabricação turca calibre .9mm, com 22 munições do mesmo calibre; duas porções de cocaína; uma porção de crack; uma balança de precisão, quatro celulares e R$ 20 reais. Os três foram detidos e apresentados na DPPA de Capão da Canoa, onde foram autuados em flagrante e recolhidos ao sistema prisional.  Ainda em Capão da Canoa, no bairro Zona Nova, a Brigada Militar prendeu um outro homem de 19 anos, por porte ilegal de arma de fogo. Uma equipe da Força Tática do 2º BPAT estava em patrulhamento de rotina, quando os policiais receberam informações de que um homem estaria nas proximidades da praça Flávio Boianovski, portando uma arma de fogo. Com base em informações, e da descrição do suspeito, os PMs realizaram averiguações, sendo localizado o indivíduo. Foi abordado e identificado um homem de 19 anos, com passagem policiais por roubo a estabelecimento comercial. Com ele foi encontrado um revólver calibre .38 e seis munições do mesmo calibre. O detido também foi autuado em flagrante, e recolhido ao sistema prisional.

TORRES

Em uma outra ação da Brigada Militar, desta feita, no bairro Dunas em Torres,  dois homens foram presos pelo crime de tráfico de drogas. Diante de informações sobre a venda de drogas, uma equipe da Força Tática do 2º BPAT passou a observar a movimentação existente no local. Os policiais militares abordaram e identificaram dois homens, um de 30 anos, com passagens policiais por roubo a pedestre, furto qualificado, furto abigeato e furto em residência, e um outro homem de 41 anos, fazendo uso de tornozeleira eletrônica, com antecedentes policiais por tráfico de drogas, roubo com lesões, homicídio, extorsão, entre outros crimes.  Com a dupla os policiais apreenderam 58 pedras de crack, um celular e R$ 755. A dupla foi apresentado na DPPA  de Torres, onde foram autuados em flagrante, e recolhidos ao sistema prisional.