A investida reuniu agentes da Policia Civil do Rio Grande do Sul, com apoio de policiais de Brigada Militar e da Policia Militar catarinense, resultou na prisão de quatro criminosos suspeitos de envolvimento em casos de homicídios em Mampituba (RS), Morrinhos do Sul (RS) e em São João do Sul (SC), sob a suspeita de serem integrantes de uma facção criminosa, ligadas ao tráfico de drogas.  A ação integrada serviu para o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão nos municípios gaúchos de Torres e Canoas (RS), e na cidade de São João do Sul (SC), a partir de investigações feitas pela Polícia Civil de Torres e de Santa Catarina. Com a participação de policiais militares das Seções de Inteligência do CRPO Litoral e do 2º BPAT e guarnições da Força Tática do Batalhão, foi cumprido um mandado de prisão em Torres. O primeiro suspeito de 24 anos, com antecedentes por tráfico de entorpecentes, furto qualificado, roubo de veículo e lesão corporal. No local da execução do mandado, foi preso em flagrante outro homem (22 anos) por tráfico de entorpecentes e associação criminosa, sendo que ele já possui antecedentes pelos mesmos crimes. Junto com os dois homens, a polícia encontrou um colete balístico, uma capa camuflada para esse equipamento, três camisetas e máscaras, todos identificados com logotipos da Polícia Civil gaúcha, além de duas toucas do tipo “ninja”, seis porções de cocaína, uma porção de maconha e dois celulares.  Ainda em Torres, em outro endereço, um mandado de busca resultou na apreensão de um telefone celular.  Já em São João do Sul, foi cumprido um mandado de prisão de um homem de 24 anos, com antecedentes por violação de domicílio, ameaça, desacato e resistência à ordem de autoridade policial.  Já em Canoas, com atuação de efetivo do 15º BPM e agentes da Polícia Civil, foi cumprido um outro mandado de mandado de busca, que resultou na prisão de um indivíduo, de 30 anos por porte ilegal de um revólver calibre .38, com seis munições. O homem também possui uma vasta  ficha criminal, incluindo tráfico de drogas, roubo em residência e associação criminosa. Os suspeitos presos foram autuados e recolhidos ao sistema prisional.

Foto: BM/Divulgação