O alerta de chuva forte, acompanhada de vento e descargas elétricas, emitido nesta segunda-feira (15), pela Defesa Civil se confirmou à noite, trazendo medo e preocupação para os moradores do Litoral Norte. Entretanto, os prejuízos, na maioria foi registrado pela queda de árvores e alguns postes de iluminação pública. O sistema de controle de captação de energia eólica, registrou no alto dos equipamentos, rajadas que iniciaram com 140 km/h, e chegaram a 180 km/h, a 110 metros do chão. A tempestade teve chuva forte acompanhada de descargas elétricas, ventos de até 80 km/h em terra, e queda de granizo esparsa. De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar de Osório, as equipes foram acionadas a partir das 20h45, devido ao vento forte que derrubou árvores na altura do Km 75 RS 030 em direção a Santo Antônio da Patrulha, prejudicando o trânsito, com bloqueio parcial, em alguns momentos. Na ERS 101 em Capivari do Sul, o panorama foi semelhante, motivando o deslocamento de unidades do CBM para a região. Em Tramandaí, a cidade ficou sem energia elétrica em alguns pontos, com quedas de árvores e de um postes,  nas imediações da Petrobrás. Houve destelhamento de residências e pontos comerciais. A CEEE equatorial, mobilizou suas unidades de atendimento, para reativar o fornecimento de energia elétrica, mas teve dificuldades devido as condições climáticas. Mas aos poucos a situação foi melhorando com o passar do tempo.

Emergência ligue 190/193.                                                                                                                                                          Defesa Civil – Rio Grande do Sul