O Tribunal do Júri de Palmares do Sul, condenou: Érico Hermes Luis, 46 anos, a 20 anos de prisão em regime fechado, por homicídio qualificado por meio cruel, que teve como vitima o idoso de 60 anos, identificado como João Tressoldi. A vítima foi assassinada com vários golpes de faca, e teve o pênis e o coração arrancados do corpo durante o ataque de fúria do autor confesso do crime, porque teria estuprado a companheira dele. O crime bárbaro ocorreu no final da manhã do dia 20 de março de 2014, no interior de uma casa invadida pelos envolvidos, localizada na Praia de Quintão. O julgamento ocorreu entre as 9h da manhã e as 17h, no plenário da Câmara de Vereadores de Palmares do Sul, que foi transformado em Tribunal do Júri. A defesa ainda não sinalizou, mas deverá recorrer da sentença.  A sessão do Tribunal do Juri, foi presidida pela juíza de direito Lidiane Machado de Oliveira e teve na acusação o promotor de justiça Leonardo dos Santos Rossi, e na defesa do réu; o Defensor Público Guilherme Mariani.

Foto: Câmara de Vereadores/Divulgação