Uma guarnição do 1º Batalhão Ambiental da Brigada Militar, de Osório,  foi acionada na tarde desta segunda-feira(7) para investigar a suposta presença de um felídeo nas imediações da Lagoa da Pinguela, onde teria sido visto por moradores da região. Os policiais percorreram um longo trecho, na localidade de Livramento, as margens da Lagoa da Pinguela, percorrendo bosques de mata nativa, onde inicialmente a informação dava conta da presença de um leão-baio. “A guarnição deslocou até o local e pelas evidências, e o relato de um morador,  tudo indica que seja uma onça-parda”, confirmou o Sgt Nair, comandante do 2° Pel/Osório do 1° BABM.  Entretanto, mesmo com a busca na área, o animal não foi localizado. Da mesma forma, não houve confirmação de algum eventual ataque à presas, ou outros animais da área, “não conseguimos avistar o animal, e o morador que o viu, não soube informar detalhes, que possam confirmar a identificação do animal. Pedimos que os moradores redobrem a atenção e o cuidado nas casas e com os animais”, referiu o Sgt. Nair. Segundo o policial militar, “esse não é habitat natural dele, e deve ter vindo da região de Maquine”, concluiu.

Foto: BABM/Divulgação