Agentes da delegacia de Polícia de Mostardas, com apoio do efetivo da Operação Verão, executaram a prisão preventiva de uma mulher que participou ativamente de pelo menos três casos de homicídios qualificados ocorrido no segundo semestre deste ano.  Segundo o Delegado Tiago Souza, que conduz as investigações, “a mulher realizou a vigilância da vítima e indicou aos executores a melhor oportunidade para consumação do crime. Os dois indivíduos que executaram o crime por meio de dezenas de disparos de arma de fogo, após terem arrombado a porta de entrada da casa da vítima identificando-se falsamente como policiais, foram capturados alguns dias após o crime e permanecem presos à disposição da justiça”, informou, o delegado.  A mulher presa nesta sexta-feira(23) possui antecedentes policiais por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, além de ser investigada pela participação em três homicídios ocorridos ao longo de 2022, em Mostardas.  “Com base nos elementos de informação colhidos até o momento não é possível definir com segurança a real motivação dos crimes, mas já sabemos que a vítima era integrante de uma facção criminosa e, na época do crime, havia migrado para outra facção criminosa com predominância no litoral gaúcho”, revelou o Delegado Souza.  O detalhamento da dinâmica dos crime e, sobretudo, a identificação dos autores do crime somente foi possível em virtude do emprego de tecnologias pelos agentes policiais. Após ser autuada, a mulher foi encaminhada ao sistema prisional, onde ficará a disposição da justiça.

Foto: PC/Divulgação