A Guarda Municipal de Imbé (GMI) prendeu, três homens: dois deles por descumprimento de medida protetiva e um por agressão contra a mulher. O primeiro caso ocorreu na noite da sexta-feira (24), no balneário Santa Terezinha. Um homem de 63 anos foi detido após a vítima, uma mulher de 64 anos, relatar ter sido ameaçada e coagida pelo acusado. Ele teria batido na janela da residência da mulher e a ofendido. A guarnição localizou o suspeito em sua residência, próximo da casa da vítima, e o deteve.  Já o segundo caso foi registrado no balneário Ipiranga, na madrugada do domingo (26). Segundo os agentes da GMI, após receber a informação de que uma mulher estava sendo agredida, a guarnição chegou até o local denunciado e encontrou a vítima, de 38 anos, caída no chão e inconsciente. Conforme relato de vizinhos, o agressor, de 29 anos, fugiu do local, mas foi rapidamente encontrado pela guarnição. A mulher foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e levada até a Policlínica de Saúde 24 Horas.  A última ocorrência foi atendida pela Guarda Municipal na madrugada desta segunda-feira (27), no balneário Presidente. Uma mulher de 55 anos, que possuía medida protetiva contra o enteado de 23 anos, autorizou a entrada dos agentes em sua casa, onde estava o autor, com antecedentes por desacato, desobediência, ameaça e lesão corporal. Apesar de resistir à prisão, ele acabou sendo detido pela GMI. Em todas as prisões, os acusados foram levados para exames de corpo de delito, e posteriormente, à DP de Imbé.  Denúncias à Guarda Municipal podem ser feitas pelo Centro de Operações. O telefone de contato é o 153. A ligação é gratuita e o atendimento funciona 24 horas por dia.

Foto:GMI/Divulgação