O pecuarista Ari Rosa dos Reis, 84 anos, foi morto a golpes de faca, na madrugada desta sexta-feira(21), no interior de sua residência, em uma propriedade na localidade de Linha Ribeirão, em Maquiné. Foi o segundo  caso de crime contra a vida, em pouco mais de uma semana, na mesma localidade.  Por volta das 4h da madrugada de hoje, a propriedade da vítima foi invadida por indivíduos não identificados que portavam uma lanterna.

Os suspeitos deixaram o local, as 4h15,  tripulando uma camionete Chevrolet S10, prata,  ano 2001, com placas IKB 1557,  cujo ruído do motor, alertou os vizinhos da vítima, que acionaram a Brigada Militar. Quando os policiais chegaram ao local, já encontraram a vítima em óbito. Ari Rosa dos Reis, era pecuarista, e possuía uma quantidade significativa de cabeças de gado. Há indícios de que se trate de um caso de latrocínio, que é “matar para roubar”. A Policia Civil irá investigar o caso.

No último domingo (16), um casal foi alvo de um ataque a tiros no final da madrugada. A Brigada Militar foi acionada por volta das 06:30h,  por moradores das margens da Rodovia Mercosul, no km 74, que ouviram o ruído de diversos disparos de arma de fogo na casa das vitimas.  Ao chegar no local, os policiais militares, encontraram uma mulher morta, na cozinha , atingida por diversos disparos de arma, cal.12, e o companheiro dela no quarto do casal,  ferido com um disparo de arma no peito. Ele foi removido com vida para o Hospital de Capão da Canoa. Não é descartada a vinculação de autoria, entre os casos.

Foto: PC/Divulgação