O procurador-geral de Justiça, Alexandre Saltz, e o comandante-Geral da Brigada Militar, coronel Cláudio dos Santos Feoli, assinaram, nesta terça-feira (05), dois protocolos de atuação conjunta entre MPRS e Estado do Rio Grande do Sul com o objetivo de coibir, nas praias do litoral gaúcho, o uso abusivo de caixas de som na faixa de areia.  As instituições entendem como necessária a intervenção dos órgãos de segurança pública nos casos de abuso do uso de equipamentos de som, em especial daqueles dotados de amplificador, em locais e horários impróprios (considerados de descanso ou trabalho). A assinatura prevê ainda, a apreensão dos eletrônicos quando estes causarem ruído acima do previsto. A apreensão vale também para veículos automotores que utilizarem equipamentos de som com volume acima do permitido.  Já para os veículos que utilizam sistema de som para propaganda, a indicação é que as prefeituras apliquem as legislações municipais existentes sobre o tema.

Foto: MPRS/Divulgação