Agentes da Policia Civil da DRACO/Xangri-lá, coordenados pelo Delegado Roland Short, prenderam um homem suspeito de envolvimento em um caso de homicídio, registrado na cidade de Nova Santa Rita. Os policiais, foram acionados pela DP de Nova Santa Rita, que informaram sobre um mandado de prisão expedido pela Comarca daquele município referente a crime de homicídio, e realizaram diligências, vindo a localizar o suspeito, sendo, então, cumprido o Mandado de Prisão. O suspeito então foi conduzido até a DRACO Xangri-lá, onde foram realizados os procedimentos de praxe, com o registro da prisão e posteriormente encaminhamento do detido ao sistema prisional.//

Capão da Canoa

Um homem cujo a identificação foi omitida, pela Policia Civil de Capão da Canoa, foi preso com o apoio dos policiais que pertencem ao reforço da Operação Verão, em cumprimento de mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Criminal de Capão da Canoa./ O suspeito teria descumprido as medidas protetivas de urgência, da Lei Maria da Penha, e ainda estava ameaçando e perseguindo a vítima, sua ex-companheira. O homem foi detido e conduzido até a delegacia para registro da prisão e posteriormente encaminhado ao sistema prisional.

Osório

Os agentes da Polícia Civil da delegacia de polícia de Osório realizaram, na tarde desta quinta-feira (14), juntamente com médico veterinário do canil municipal, a fiscalização de diversos locais supostamente envolvidos com a prática de crimes de maus tratos contra animais domésticos, em Osório. A ação, fiscalizou 18 locais, sendo que na oportunidade, apenas 4 cães domésticos, em suposta situação de maus tratos, foram recolhidos, após avaliação preliminar do médico veterinário. Os tutores dos cães, como sempre, não foram localizados, mas já teriam sido identificados e serão interrogados posteriormente, e poderão ser indiciados pela prática de crime ambiental. De acordo com  a Lei 9.605/98, que regula e tipifica as condutas criminosas contra a fauna e a flora, existem penas que podem chegar a 5 anos de reclusão. Até hoje, não se tem notícia, de que algum infrator suspeito, tenha sido punido pela lei, em Osório.

Foto: PC/Divulgação