Um caso brutal de feminicídio, foi descoberto pela Brigada Militar na noite de sexta-feira (06), em Osório.  Em uma casa na Rua Pinheiro Machado, bairro Sulbrasileiro, policiais da Brigada Militar foram conferir o caso, em que uma mulher identificada como Nara Denise dos Santos,  62 anos, foi morta pelo companheiro,  há pelo menos 3 dias. Por volta das 4h30, no município de Imbé, um homem de 38 anos fez contato com a Brigada Militar e informou que esteve na residência da sua esposa em Osório, e encontrou a mesma em óbito, dentro de uma geladeira, concretada, e que após localizá-la retornou ao Imbé para efetuar contato com a Brigada Militar. Diante das informações, a Brigada Militar solicitou ao indivíduo que deslocasse juntamente com a guarnição para averiguar o local, na Rua Pinheiro Machado, em Osório, bairro Sulbrasileiro. Chegando no local, o indivíduo entregou as chaves do imóvel aos policiais que adentraram e localizaram a geladeira com concreto dentro, além do local bagunçado e diversas imagens religiosas. Foi solicitada Perícia para o local e acionada a Policia Civil que foram até o local. Após a chegada da perícia, e na sequência dos fatos,  o indivíduo assumiu informalmente a autoria do feminicídio alegando estar possuído por uma entidade maligna.  Após matar a vitima, o criminoso esquartejou o corpo, e o concretou em pedaços,  e os colocou em uma geladeira, onde foram localizados, congelados.   O suspeito foi preso e encaminhado para a DP de Osório, onde foi autuado em flagrante.  A vítima era conhecida na comunidade, e já havia sido candidata a vereadora, em Osório.

Foto: Edgar Vaz/Rádio Osório