Um homem de 36 anos identificado como Alex Sandro Navarro da Silva,  morreu em confronto com policiais do Bope da Brigada Militar na tarde esta terça-feira(23), no Caraá.  O cerco mantido pela Brigada Militar no Caraá, teve como objetivo capturar dois homens que haviam fugido no primeiro confronto ocorrido na tarde da segunda-feira (22). A ação policial teve êxito, e  resultou  na captura de um homem de 30 anos identificado como Paulo Hugo Dantas Reis Souza, que havia fugido para um  matagal, nesta manhã, enquanto que o outro indivíduo, Alex Sandro, que também tinha se escondido no mato, entrou em confronto com os policiais militares e acabou morrendo. O  individuo possuía uma extensa ficha policial, por delitos como porte ilegal de arma de fogo, roubo de veículo, prisão cumprimento de mandado, ameaça, receptação, furto qualificado em veículo, roubo a motorista de entregas e tentativa de homicídio, homicídio doloso, falsidade ideológica, apreensão de objeto, entorpecente tráfico e recaptura de preso, e se encontrava na condição de foragido do sistema prisional. A Brigada Militar já  havia prendido três homens, uma mulher e apreendido um adolescente no início do cerco policial, e após a Brigada Militar receber informações sobre indivíduos que estavam em um veículo Nissan IX 35, em situação de roubo. Foram apreendidas o total de 63 munições de calibre .30, 11 munições calibre 12, sete munições calibre 9mm, uma munição calibre 24, dois carregadores de 9mm e calibre 30, uma espingarda.  Participaram do cerco policial, além do efetivo do 8ºBPM, policiais da Rocam, do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Batalhão de Aviação da Brigada Militar (BavBm) e Polícia Civil.

Foto: BM/Divulgação