O trabalho de fiscalização realizado pelos agentes do Programa Segurança Alimentar RS, teve sequência com quatro estabelecimentos sendo fiscalizados,  na quinta-feira (8), no município de Tramandaí. A operação totalizou 6,3 toneladas de alimentos e produtos impróprios para consumo, apreendidos e inutilizados.   Dentre os locais vistoriados, apenas um não apresentou irregularidades, sendo os demais autuados, e um dos mercados totalmente interditado por apresentar péssimas condições de higiene.   Produtos sem procedência, com validade vencida e armazenados de forma inadequada foram as principais irregularidades encontradas. Unidades de soda cáustica e álcool 92,8°, produto de venda proibida em mercados, também foram encontradas e apreendidas de forma cautelar. Somente no mercado interditado, foram encontradas 5 toneladas de alimentos, inclusive muitas delas em um caminhão fechado, onde junto dos alimentos haviam ratos, baratas e escorpiões. A operação de fiscalização contou com a participação dos promotores de Justiça, servidores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRS), Secretaria Estadual da Saúde (SES), Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (SEAPI), Vigilância Sanitária Municipal de Tramandaí, Patrulha Ambiental da Brigada Militar (PATRAM) e Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor (DECON).

Foto: MPRS/Divulgação