A Policia Civil de Torres, iniciou na manhã de terça-feira (28) a investigação de um  caso, que teve como vítima, um homem de 43 anos, encontrado morto em uma passarela que dá acesso à faixa de areia em Torres. A Brigada Militar foi acionada por volta das 5h30min para atender a ocorrência, e ao chegar ao local, os policiais constataram que o corpo apresentava diversas marcas de agressão, incluindo um corte na nuca e aproximadamente 10 perfurações de faca.  Próximo ao cadáver foram encontrados alguns pertences da vítima. Imagens de câmeras de monitoramento revelaram que o homem, natural de São João Del Rei, (MG), chegou ao local de bicicleta, que não foi encontrada.  O Instituto-Geral de Perícias foi chamado e, no local, foi confirmado que a vítima apresentava marcas de golpes de faca e lesões por agressões físicas.  A partir de imagens de câmeras de segurança das proximidades, foi verificado que indivíduos haviam se aproximado da vítima, que estava na bicicleta. Nas mesmas imagens, não aparecia o retorno dos indivíduos ao ponto de onde partiram ao encontro da vítima. Junto ao homem localizado em óbito, não estava a bicicleta.  Nas buscas feitas pela Brigada Militar aos possíveis envolvidos no fato, a Força Tática do 2º BPAT prendeu e conduziu à Delegacia de Polícia Civil dois homens de 32 e 43 anos. Eles apresentam passagens policiais por tráfico de drogas e lesões corporais. Em princípio, a dupla foi presa por homicídio qualificado.

Foto: PC/Ilustração